GOSTA DE ANIMAIS?

SE A RESPOSTA FOR SIM... COMENTE...ENVIE FOTOS...PARTECIPE...TODOS SÂO BEM VINDOS!!!

EMAILS.

roselyhmarcon@hotmail.com

ou

marydolls2@hotmail.com

sábado, setembro 30, 2006

A BONITA E TRISTE HISTORIA DE EMILY...A PODDLE DE VERA

Nasci em 09.11.1993 e quando tinha 4 meses, apareceu uma senhora que me comprou e levou para uma casa desconhecida, mas que logo me acostumei, sou a primeira poodle que mamãe viu e se apaixonou, eu parecia um trapínho e meu dono resolveu me dar o nome de Emily, eu era tão pequenina que mal as tosadeiras conseguiam
tosar o meio dos dedinhos de tão pequeninos.
Sou super inteligente, seja na cozinha, no banheiro ou na churrasqueira, fico em pé na pia pedindo água, quando meu pote não esta por perto.Quando o telefone toca, corro a chamar minha mamãe, pois se alcançasse eu mesma atendia.
Sou tão mimada, olha minha cama e meus brinquedinhos ganhos de presente da mamãe do dono e de minha madrinha.

SEQUENCIA DAS FOTOS DO SLIDE,VEJA COM ATENÇÃO:

Foto Emily 1
Eu fazia muitas gracinhas, ficava em pé e até arriscava uma dança, nesse dia estava de calcinha pois estava naqueles dias!!!

Foto Emily 2
Quando eu já estava com 1 ano e 1 mes, nasceu a Yasmin filha da Ingrid e meu dono ficava muito com ela no colinho
e eu sentia muito ciumes e pedia para ele me pegar também.

Foto Emily 3
Minha mama comprou-me essa camiseta com o símbolo do time dela(Santos), mas meu dono me deu uma do Palmeiras
que é o time dele.Mas já viu né quem me troca é a mama então uso mais a do Santos.

Foto Emily 4
Sou tão mimada, olha minha cama e meus brinquedinhos ganhos de presente da mama do dono e de minha madrinha.

Foto Emily 5
Não posso ver ninguem sentado a mesa, que já vou pedindo, meu dono estava comendo pudim, e eu adoro!!!

Foto Emily 6
Aqui estou descansando um pouco no tapete que foi feito pela minha mama.




Num belo domingo em 1996 quando EMILY estava com 2 anos e 2 meses, eu estava dormindo e meu marido já havia levantado, quando ela inventou de se esfregar por debaixo do lençol e caiu no chão.Passou o dia normal, quando chegou a noite, ela começou a vomitar uma espuma e daí que me lembrei do tombo e lembrei também que ouvi um barulho como se tivesse quebrado um ovo ou um coco quando ela caiu.
Fiquei desesperada porque naquela época só tinha uns 3 veterinários na cidade e alguns não ficavam na cidade nos finais de semana. Estava sem carro, meu marido chamou um taxi e fomos num bairro distante de onde moro, procurar a casa de um veterinário mas não encontramos ele.Quando estavamos partindo para a Praia Grande/SP
que distacia uns 40 km daqui, ela morreu em meus braços.
Conversando com veterinários, eles dizem que ela caiu de cabeça e teve traumatismo craniano, que na hora faz um coágulo e que ele vai aumentando até causar a morte.
Nem preciso dizer o quanto eu e marido choramos.Ele me falou se eu aparecesse com mais algum cachorro em casa,era eu e o cachorro no olho da rua.
Quinze dias depois eu ainda chorava muito, quando me disseram estavam vendendo
poodle, pedi permissão pro marido e logo estavamos com a JULIE que logo contarei sobre ela também.EMILY ESTARÁ PARA SEMPRE NO MEU CORAÇÃO...

ESTE POST FOI TUDO FEITO POR VERA DO FEITOS COM AMOR.EU MARY ADOREI E CHOREI...
VIsitem a nossa amiga: http://feitospormim.blog.uol.com.br/
COMENTEM...
Lambidelas meigas de Franginhas, Nina e Diana
Beijos da Mary

4 comentários:

Vera disse...

Oi Mary, já se passaram 10 anos, mas até hj choro a perda da Emily.Chorei quando estava preparando a matéria e agora vendo seu blog.Ela era um mimo!!!Obrigado por publicar!!!Beijocas e cheirinho nos 3.

Ana Maria disse...

É sempre triste a partida de um filhte...chorei, pois me lembrei da minha Kika que morreu a quase 2 anos, quando eu puder falar sobre isso conto p/ voces a história dela.beijos!Ana maria

Claudia Assencao disse...

Eu também adorei e chorei!!!! Mas agora espero a Julie!!! =)
Beijos, Claudia

A Senhora dos Aneis disse...

Eu também tenho um cachorro que adoro por isso imagino o que devem ter sofrido!!

Beijinhos